logo

Sapiranga, 10 de dezembro de 2019

imagem topo

PEHIS - Plano Estadual Habitação de Interesse Social
24/05/2011

Nesta terça-feira (24)A Cooperhab, através de seus representantes, marcou presença na no Seminario do PEHIS(plano estadual de interesse social)com Sr.joão Valdomiro do Nascimento(presidente, Maria Leonir Gatelli(Tesoureira), Maria Bernardete Warken(secretaria) e Clausemir Fredrich (Coordenador Administrativo)para debater novas diretrizes para o aprimoramento do setor habitacional no ESTADO. O governador Tarso Genro abriu o Seminário, realizado no Teatro Dante Barone, da Assembleia Legislativa, em Porto Alegre. O debate gira em torno da construção de uma política habitacional que reúna os governos Federal, Estadual e municípios, tendo como predomínio o interesse social e o alcance das camadas da população de baixa renda."Esta consulta pública feita aqui é para verificar se a nossa idéia de programa de trabalho na questão da Habitação e Interesse Social converge para os interesses das prefeituras, dos movimentos sociais, dos agentes públicos e privados, que vão trabalhar conosco neste processo", explicou o governador.Tarso Genro observou que o Seminário tem a finalidade de fazer a colagem de um conceito trabalhado internamente no Governo com a vida cotidiana das pessoas. "A busca é ter um plano habitacional que aponte para a resolução da questão do espaço", enfatizou. Convívio sustentável O PEHIS é um instrumento de desenvolvimento das cidades capaz de contribuir com a promoção do convívio sustentável tanto do ponto de vista social, como ambiental incluindo e integrando as diversas regiões do Rio Grande do Sul. Ao mesmo tempo, dará especial atenção às comunidades tradicionais e demais prioridades existentes. O Seminário tem como objetivo estabelecer as diretrizes da política habitacional do Estado. O Plano Habitacional efetiva o papel do RS no Sistema Nacional de Habitação de Interesse Social (SNHIS), tornando viável o pleno acesso aos recursos do Fundo Nacional de Habitação de Interesse Social (FNHIS)."Hoje somos militantes de uma causa no país que há 30 ou 40 anos não se via: uma política nacional de habitação que vem acompanhada de desenvolvimento urbano e reforma urbana. O nosso Plano Estadual de Habitação de Interesse Social é uma parte do sistema e é fundamental para que tenhamos uma política de Estado que enfrente o desafio de reduzir o déficit habitacional", enfatizou o secretário de Habitação e Saneamento, Marcel Frison, lembrando que ocorreram nove plenárias antes da realização do Seminário. Moradia digna Para o deputado Raul Carrion, que representou o presidente da Assembleia Legislativa, o Plano Estadual de Habitação de Interesse Social é primordial. "O Plano Estadual deverá servir de matriz para os planos municipais. A meta é enfrentar não só o déficit habitacional existente - o quantitativo, que é o absoluto, e o qualitativo que é a moradia inadequada -, mas pensar nas novas famílias que entrarão no decorrer dos próximos anos a demandar uma moradia digna", diz.Participam do PEHIS a representante do Ministério das Cidades, Renata Rocha Gonçalves; a representante do Ministério Público, Josiane Brasil Camejo; o presidente da Famurs, Vilmar Zanchin; representante do Conselho das Cidades, Gilberto Aguiar; representante da Superintendência Regional da Caixa Federal, Ruben Danilo de Albuquerque Pickrodt; o diretor-geral do Departamento Municipal de Habitação/Demhab de Porto Alegre, Humberto Goulart, além de prefeitos, secretários municipais de Habitação, além de movimentos sociais e de cooperativas habitacionais.A Cooperhab reinvindicou mais créditos para as Cooperativas Habitacionais junto aos orgãos financeiros, principalmente do BANRISUL, no qual o estado é o detentor.

Voltar
canto esquerdo canto direito

Cooperativa Habitacional 12 de Fevereiro
Rua Major Bento Alves, 606 - Sapiranga, RS
51 3064-0571 . 51 3559-7571